Blog

Pesquisa:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHE:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Embora o lúpus não seja tão conhecido ou compreendido, ele é muito mais comum do que imaginamos. No mundo, cerca de cinco milhões de pessoas convivem com essa doença.

Um dos aspectos mais desafiadores de viver com lúpus é ter que lidar com o estigma relacionado a sua falta de compreensão. Por ser complexa, a doença afeta as pessoas de maneiras bem diferentes. Pensando nisso, nós separamos três perguntas e respostas que vão ajudar você a compreender melhor sobre as suas causas, sintomas e tratamento. Confira:

Como surge o lúpus?

No lúpus, por razões ainda desconhecidas, o corpo produz anticorpos que atacam seu próprio tecido saudável, causando danos nas articulações, pele, rins, coração, pulmões, vasos sanguíneos e, até mesmo, no cérebro.

Os principais gatilhos incluem infecções virais, exposição solar, estresse e uso de certos medicamentos. Dado o maior número de mulheres afetadas do que de homens, sugere-se que o estrogênio pode desempenhar um papel relevante no seu aparecimento.

Quais são os sintomas?

Os sintomas variam muito de pessoa para pessoa, já que a doença pode afetar qualquer órgão ou parte do corpo.

Normalmente, os sintomas podem aparecer repentinamente ou gradualmente, além de mais intensos durante alguns dias ou semanas e depois desaparecerem. Os principais são:

  • Febre acima de 37,5ºC
  • Manchas vermelhas na pele, especialmente no rosto e outros locais expostos ao sol
  • Dor muscular e rigidez
  • Queda de cabelo
  • Cansaço excessivo

É verdade que o lúpus não tem cura?

Sim. O lúpus é uma doença crônica, que pode ter um período de remissão, mas que sempre vai necessitar de acompanhamento médico contínuo.

A pesquisa clínica fez grandes avanços no tratamento dos seus sintomas. Os medicamentos melhoram a qualidade de vida, reduzindo a intensidade dos sintomas e o risco de complicações, estendendo a expectativa de vida dos pacientes. Além disso, outras medidas de controle da doença incluem as modificações no estilo de vida, como a adoção de uma dieta saudável e a proteção contra o sol.

Conheça o estudo clínico do CEMEC voltado para o desenvolvimento de um medicamento promissor para o Lúpus, com o objetivo de elevar a qualidade de vida das pessoas que convivem com a doença!

Cadastre-se e receba notícias do CEMEC

Unidade São Bernardo do Campo

Rua Silva Jardim, nº 187 • Salas 63 e 64 • Santa Tereza
CEP: 09715-090 • São Bernardo do Campo • SP

Fax: +55 (11) 4930.4342
Tel: +55 (11) 4930.4243
E-mail: coordenacao.sbc@cemecpesquisaclinica.com
E-mail: gerencia@cemecpesquisaclinica.com

Copyright © 2019 CEMEC Pesquisa Clínica. Todos os direitos reservados.

Website desenvolvido por Emcomjunto
WhatsApp chat